Hospital Osvaldo Cruz em Guiratinga - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Hospital Osvaldo Cruz em Guiratinga – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

O prefeito de Guiratinga, Hélio Goulart (Dem), usou a página oficial da prefeitura na internet (http://www.guiratinga.mt.gov.br), para comentar sobre o atraso do repasse ao Pronto Atendimento (PA) do Hospital Osvaldo Cruz, que resultou no fechamento do atendimento ao público, consequência da greve estabelecida pelos servidores. Em sua fala o gestor admitiu o atraso e apontou que faltou compreensão por parte dos grevistas.

“Não gosto de realizar atrasos. Na área pública a coisa é complicada. Nem sempre a nossa vontade prevalece. Existem exigências de documentos, de prazos a cumprir, de liberações por acontecer. Desta vez, tivemos um pequeno atraso. Posso dizer que faltou uma dose de compreensão, pois, eles sabem que sempre cumprimos nossas obrigações”, afirmou Hélio.

Leia também:  Câmara Municipal discute PPA com a população nesta quinta (22)

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS REPORTAGENS SOBRE GUIRATINGA

Além disso, Goulart disse que o contrato estabelecido com a instituição prevê que a suspensão do atendimento só pode ser levada a efeito após um atraso de 90 dias.

Mesmo sendo a própria Prefeitura, a responsável pelo atraso que resultou na greve, o prefeito Hélio Goulart acredita que a greve teve influência política.

“É uma situação complicada. Especialmente quando temos gente por aí querendo jogar lenha na fogueira. Tem muito azararão e jogo politiqueiro nessas coisas”, finalizou.

Só em 2014, a Prefeitura Municipal de Guiratinga atrasou três vezes o repasse do PA que resultou duas vezes em fechamento. A 1ª aconteceu em setembro, a 2º no mês de novembro, onde o repasse teve que ser parcelado e a 3ª e mais crítica foi neste mês, onde na ocasião a unidade de saúde ficou fechada por cerca de cinco dias.

Leia também:  Adonias visita ‘avenida da Ponte Nova’ e cobra instalação de redutor de velocidade

Envie-nos fotos, vídeos sugestões de matérias e denúncias pelo e-mail [email protected] ou através do aplicativo WhatsApp do AGORA MT 66 8137-1114

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.