Bibi - Foto: PJC
Bibi – Foto: PJC

Assassinado na noite de ontem (18) no bairro Monte Líbano, em Rondonópolis, com vários disparos de arma de fogo (Fotos e detalhes clique aqui), o jovem Jeferson Ferreira da Silva, 29 anos, vulgo ‘Bibi’, tinha vasta ficha criminal de acordo com dados levantados pela Polícia Judiciária Civil (PJC).

Bibi já havia sido condenado duas vezes, sendo uma por um roubo e formação de quadrilha e outra por posse ilegal de arma de fogo, leia aqui a matéria.

Além disso, Bibi teve um processo de homicídio em seu desfavor, suspenso pelo juiz responsável pelo caso por não haver provas suficientes.

Antes, Bibi e mais cinco pessoas haviam sido presos durante a Operação Agosto deflagrada pela PJC em 2009. Na ocasião, os envolvidos eram suspeitos de roubo de joias e tráfico de drogas.

Leia também:  Vítima é baleada durante tentativa de assalto no Ana Carla II

Em outra situação, Bibi também foi suspeito de um roubo a um supermercado, onde foi subtraído cerca de R$ 28 mil em dinheiro e R$ 16 mil em cheques, sendo que parte do dinheiro foi apreendido com Bibi.

Da última vez ele foi considerado suspeito em um roubo a uma Agência dos Correios em Poxoréu.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.