A escola municipal Daniel Paulista Campos que atende em dois períodos 360 alunos dos bairros residenciais Margaridas, João Antônio Fagundes e Farias, me procurou através da diretora e professora Meire Lúcia para firmamos uma parceria no intuito de aproveitar as comemorações do aniversário da cidade e desencadeará mais uma etapa do projeto que a escola já trabalha intitulado “conhecendo Mato Grosso”.

Segundo a Diretora Meire Lúcia, esse projeto faz com os alunos estude sobre o estado, mas o eixo central é para que os alunos conheçam de fato principalmente Rondonópolis e a mais ainda a região em que moram, e que se sintam parte do ambiente e tenham consciência de seus direitos e também dos deveres de cidadãos para que eles próprios possam melhorar as suas condições na sociedade e dos bairros em que moram.

Leia também:  Taques anuncia obras de serviços visando a pavimentação de trechos de rodovias em Rondonópolis

“A cada ano identificaremos uma problemática para que possamos ir melhorando nossa comunidade. Esse ano trabalhará a educação ambiental, escolhemos esse tópico justamente porque ao sair do portão da escola já nos deparamos com o lixo espalhado neste terreno que era para ser uma área verde, e junto com os alunos faremos uma força tarefa para além de passar para nossas crianças a importância de não jogar lixo nos terrenos, mas faremos a arborização deste terreno e depois todo o bairro Margaridas, destaca a diretora”.

Me sinto satisfeito em participar de ações e projetos simples porém de vital importância para que as crianças tenham a exata definição do significado cidadania. “Fico feliz , aqui a escola além do trivial, ensina cidadania à seus alunos, e é importante desde cedo saberem dos seus direitos mas também dos deveres como cidadãos”.

Leia também:  Clima fica tenso e senadores do PMDB trocam alfinetadas em redes sociais

E para dar inicio ao Projeto conseguimos que a Coder limpasse o terreno baldio que havia muito lixo e junto a Sema conseguimos também aproximadamente 300 mudas de arvores no qual os alunos irão plantar, adotar e cuidar até que as arvores possam ter condições de sobreviverem sozinhas e assim começar a transformação do bairro arborizando todas as ruas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.