As estimativas para 2015 é que a inflação aumente de 6,50% para 6,54%. Este ano a expectativa para a inflação ficou estável em 6,38. Essa é a primeira previsão dos economistas do mercado financeiro acima do teto da meta de 6,5% no ano de 2015. As informações são referentes a uma pesquisa conduzida pelo Banco Central na semana passada com mais de 100 instituições financeiras. O levantamento, que dá origem ao relatório de mercado, também conhecido como Focus, foi divulgado nesta segunda-feira (22).

Em 12 meses até novembro, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA, considerada a inflação oficial do país, ficou em 6,56% – valor que ainda está acima do teto de 6,5%. A meta, porém, vale somente para anos fechados.

Leia também:  Abre nesta segunda consulta ao 5° lote de restituição do IR deste ano

PRODUTO INTERNO BRUTO

Para o Produto Interno Bruto (PIB), os economistas baixaram a estimativa de uma alta deste ano de 0,16% para 0,13%. Foi a quinta queda seguida do indicador. Se confirmada, será a menor expansão desde 2009, quando o PIB teve retração de 0,33%. Para 2015, a estimativa de expansão da economia recuou de 0,69% para 0,55%, na quarta redução consecutiva.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.