Mato Grosso termina o ano de 2014 ocupando o 8º lugar no ranking nacional de produção de leite e registrando os melhores preços por litro de leite dos últimos anos, segundo o IBGE.

O estado apresentou resultados positivos para a pecuária de leite, apesar de alguns entraves encontrados em determinados meses, o crescimento se manteve. As informações são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

O volume de 2014 estimado pelo Imea apresenta aumento de 6,0% em relação a 2013.

Outro ponto favorável consistiu na valorização de 8,96% no preço do leite, beneficiando os produtores que passaram a receber mais dos laticínios, fato este que possivelmente tenha estimulado a produção.

A relação de troca com os principais insumos utilizados foi mais um acontecimento que contribuiu com a cadeia, como o milho, apresentando uma baixa de 10,66% na relação leite/milho, em função dos baixos preços da saca em 2014.

Leia também:  Agricultura suspende venda de carne de cinco frigoríficos para os EUA

Além disso, as chuvas este ano foram mais distribuídas em MT, possibilitando uma melhor produção ainda que na época seca, período no qual o leite é melhor remunerado.

Este aumento no preço ao produtor teve reflexo direto nas cotações dos derivados na indústria, que se valorizaram, já no mercado varejista o impacto de aumento foi para o leite UHT e o queijo muçarela.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.