mata grandeUma mulher foi detida neste domingo (28), após ser flagrada tentando entrar  na Penitenciária Major Eldo de Sá Correia, Mata Grande, com um celular escondido na vagina. O caso aconteceu durante o horário de visita.

Conforme informações, os agentes descobriram o material ilícito após revista com detector de metais.

Após a revista, a suspeita foi encaminhada para 1ª Delegacia de Polícia.

Já há algum tempo, os agentes penitenciários vem trabalhando para coibir a entrada destes materiais ilícitos na unidade. Contudo, ainda de acordo com a classe, a recente normativa aprovada, que proíbe as revistas íntimas, dificulta o trabalho dos agentes.

Leia também:  Gaeco realiza ordem de busca na Assembleia Legislativa

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.