O prefeito Percival Muniz (PPS), vetou o projeto de lei dos vereadores de Rondonópolis sobre disciplinar o acumulo de cargo de secretário, presidente ou diretor de empresas mistas ou autarquia do município. O fato entrou em debate após o acumulo de cargos do presidente da Coder, Eduardo Duarte que também é secretário de Governo da cidade.

Para os vereadores, há a necessidade de dedicação ao cargo nomeado, e que por acumulo, muitas vezes não oferece a melhoria esperada pela população e por isso a cumulatividade deve acontecer no máximo pelo prazo de 90 dias.

De acordo com o veto enviado aos vereadores, segundo a lei não cabe a Câmara apresentar projeto que visa disciplinar a competência do Prefeito de exonerar ou nomear seus auxiliares diretos e que compete somente a ele, Percival, escolher quem ele ache que tem capacidade e confiança exigidos pelo cargo.

Leia também:  Iniciam as obras de recuperação de bairros da região Salmen

Agora o projeto será analisado pela Câmara Municipal.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.