Alexandre CésarO presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Cooperativas, deputado Alexandre Cesar (PT), recebeu o relatório feito por Emanuel Pinheiro e também o voto em separado do deputado José Riva (PSD). Os documentos também foram distribuídos para os demais membros que terão até o dia 30 de dezembro para analisar e votar.

A reunião ocorrerá na terça-feira (30) logo após o término da sessão ordinária no período da manhã. Os parlamentares devem discutir o relatório e o voto em separado para depois encaminhar ao plenário para votação. A CPI deve ser concluída nesta legislatura, conforme prevê o regimento interno, por isso, o relatório deva ser votado em sessão extraordinária.

Alexandre Cesar ressaltou que a apresentação do voto em separado está previsto no regimento interno e favorecerá o debate mais aprofundado sobre o assunto. O relatório apresentado por Emanuel Pinheiro pede o arquivamento sem demais providências já que não há documentos que demonstrem “mácula” em qualquer conduta da Cooperativa Agroindustrial de Mato Grosso (Cooamat).

Leia também:  Pátio quer tornar Rondonópolis referência em educação

Por outro lado, Riva, que é autor do requerimento adianta que existem notas fiscais que comprovam a fraude ao fisco estadual. Ele já encaminhou a denúncia recebida em seu gabinete para os órgãos competentes como o Ministério Público Estadual e Delegacia Fazendária.

Como presidente da CPI, Alexandre acredita na conclusão dos trabalhos já no próximo dia 30 e havendo a colaboração e vontade dos demais parlamentares o relatório pode ser colocado em votação em plenário ainda na terça. Porém, já há sessões extraordinárias agendadas para os dias 5, 6 e 7 de janeiro, nas quais também poderão votar o relatório da comissão.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.