O tenista suíço Roger Federer está de mudança. Número 2 do ranking da ATP, o atleta de 33 anos irá se mudar, no fim do ano, para uma “mansão de vidro”, avaliada em £ 6,5 milhões (aproximadamente R$ 26 milhões), na cidade de Wollerau, na Suíça, às margens do Lago Zurique.

Além da esposa e dos filhos, Roger poderá contar com a presença dos pais no imóvel, chamado de “A Residência”. Eles ficariam em dois apartamentos de luxo, construídos em anexo ao projeto original. A casa está sendo erguida em uma área de 500 m² e contará com três níveis, piscinas, estacionamento subterrâneo e grandes varandas com vista privilegiada para o lago.

Leia também:  Copa de 94 volta à tona com histórias de Romário e loira de Rondonópolis

Com uma das menores taxas de imposto da Europa, Wollerau atrai outros milionários interessados em morar na cidade. No âmbito do esporte, os pilotos de Fórmula 1 Felipe Massa e Kimi Raikkonen também possuem residências na localidade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.