A posse presidencial da reeleita Dilma Rousseff (PT)acontece no dia 1º de janeiro e ao que tudo indica uma comitiva deve sair de Mato Grosso para participar da solenidade. Em Rondonópolis não será diferente e simpatizantes já articulam participar da viagem.

De acordo com fontes da Coluna Bastidores, os escolhidos para a viagem não deveram gastar muito, já que parte do custo deverá ser pago pelo partido. Basta apenas conseguir uma ‘brecha’ para entrar na lista tão sonhada pelos petistas de Rondonópolis que devem encher pelo menos dois ônibus.

Advertisements
Leia também:  Marrafon lança livro no STF

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.