A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e o Instituto Ação Verde deram início as atividades de plantio de mudas e palestras educativas. O trabalho iniciou na última quinta-feira (04) com a primeira fase de reflorestamento da Reserva R-2, com o plantio de 500 mudas das espécies: Pinho Cuiabano, Embaúba, Champanhe, Ingá, Jamelão, Angico, Castanheira, Timbuva, Urucum, Jatobá, Ipê Roxo, Ipê Amarelo, Ipê Branco entre outras.

Na quarta-feira (03) serão plantadas 350 mudas de Ipê Roxo nas Avenidas paralelas ao Parque Florestal de Sinop, com a participação dos estudantes do Projeto Agente Ambiental Mirim.

Todas as ações voltadas ao plantio de mudas estão sendo realizadas juntamente com o Instituto Ação Verde.

Leia também:  1º Velo Cross acontece em setembro em Poxoréu

Concomitante a este trabalho, estão sendo realizadas palestras educativas nas escolas com o tema Arborização e distribuição de material educativo confeccionado em parceria com o Codenorte e Pró-Valores.

Na sequência serão arborizadas as escolas que estão recebendo as palestras e já solicitaram previamente a arborização do espaço escolar.

Para a secretária Cristina Ferri “essas atividades dão início às ações previstas no planejamento que vem para consolidar o Plano de Arborização Urbana de Sinop. Ainda que a Arborização contribui para conservação da biodiversidade e melhoria no microclima local e que cada cidadão possa também estar buscando participar plantando e cultivando sua árvore em sua residência e no passeio público e atuando como fiscais voluntários, pois o meio ambiente é para todos!” O Ministério Público Estadual tem contribuído com as ações, direcionando o cumprimento dos Termos de Ajustamento de Conduta –TAC, com doação de mudas de árvores de espécies nativas, que serão todas plantadas no município de Sinop, finaliza Cristina Ferri.

Leia também:  Pecuaristas iniciam setembro mais otimistas em MT

Ainda a Secretaria tem realizado o trabalho de fiscalização das Reservas Ambientais no sentido de combater o despejo ilegal de resíduos nas margens e interior destas áreas. Nesta semana foi conduzido à Delegacia Civil um cidadão que praticava despejo de resíduos na Reserva R-2. Atualmente as Reservas nas margens da Avenida Itaúbas têm sido mais impactadas com este tipo de ação, considerado crime ambiental. Portanto a secretaria pede à população que transita neste trecho para que denunciem pelo telefone 0800-647-6900 e 3531-3499.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.