Os céus também prestaram suas homenagens a professora Isabel Campos nesta segunda-feira, 1 de dezembro, quando é lembrado os dois anos do seu falecimento e foi inaugurado o Viaduto que leva o seu nome.

“Isabel sempre gostou de chuva”, quem recorda é o ex-governador e deputado Federal Júlio Campos, ao comentar a rápida chuva que antecedeu a solenidade de inauguração.

O Viaduto “Professora Isabel Campos” faz parte do conjunto de obras de mobilidade urbana de Cuiabá e Várzea Grande executado pelo Governo de Mato Grosso.

O governador Silval Barbosa fez questão de externar sua satisfação em homenagear uma pessoa que conheceu no seu dia-a-dia de trabalho.

Silval Barbosa destacou que o viaduto “Professora Isabel Campos” está dentro do planejamento macro de obras estruturantes para Cuiabá e Várzea Grande, onde, além do referido viaduto, ainda serão inaugurados o Viaduto e Trincheira do Zero KM, que receberá o nome de “Nico Baracat”, o viaduto do Aeroporto e a ponte do VLT, junto a Ponte Júlio Müller.

Leia também:  Em torno de 112 municípios de MT têm problemas relacionados ao uso de crack

Em Várzea Grande o governador citou as obras de acesso ao Centro Oficial de Treinamento Barra do Pari (COT), a duplicação da ponte e o asfaltamento da avenida Mário Andreazza, o acesso ao Centro Universitário, que está em construção. Todas essas obras, além de todo o conjunto de obras ao longo da Miguel Sutil – viadutos do Santa Rosa, Verdão, Despraiado, trincheira Jurumirim/Trabalhadores e o complexo viário do Tijucal, são obras pensadas para desafogar o trânsito e melhorar a qualidade de vida de quem mora na região.

O ex-governador Júlio Campos, ao celebrar a homenagem a ex-esposa, lembrou que o bairro Cristo Rei, onde inicia o viaduto, foi criado com ajuda de Isabel Campos, na época secretária municipal e ele prefeito e liga o bairro da Ponte Nova, onde o casal sempre morou. “Hoje é um dia de festa para todos nós, pois Várzea Grande recebe um grande empreendimento, resultado da Copa do Mundo 2014”, disse.

Leia também:  Pedro Taques inaugura a maior ponte de MT que une o estado ao Goiás

O prefeito de Várzea Grande, Wallace Guimarães, além de destacar a importância das obras desenvolvidas na cidade, que vão proporcionar conforto, não só aos moradores da cidade irmã de Cuiabá, como também facilitar o acesso ao Aeroporto e aos bairros, principalmente do Cristo Rei, fez questão de agradecer ao governador. “Somos muito gratos, governador, pois sabemos que são obras que não seriam construídas nos próximos 40 anos vindouros, se não fosse sua determinação”, disse.

O viaduto, segundo a Secopa, foi projetado para proporcionar passagem direta aos motoristas com itinerário entre a região do bairro Cristo Rei (onde passa a Avenida Dom Orlando Chaves) e a Ponte Nova, que dá acesso a Cuiabá. Sob a estrutura vai ser passagem também do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

Leia também:  Polícia capacita pais e ex-dependentes químicos em MT

A obra do viaduto inclui ainda a recuperação da via, que vai da entrada do Cristo Rei, seguindo pela Miguel Sutil, até o entroncamento com a Rodovia Mário Andreazza, totalizando 2,9 quilômetros de extensão. O investimento feito atráves de convênio com Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) ficou em R$ 19, 2 milhões. O viaduto foi construído pela empresa Sanches Tripoloni.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.