suspeito cabo pmUm dos suspeitos de participar de uma tentativa de assalto a uma revendedora de carros ontem (3), em Várzea Grande, que resultou em um tiroteio e ocasionou na morte do cabo da Polícia Militar (PM), foi reconhecido pelo proprietário do estabelecimento através de fotografia.

O suspeito Brendon Kayke Vieira Dutra, 18 anos, teria chegado no local acompanhado do comparsa identificado pela polícia como “Tiago Gordo”, em uma motocicleta, cor vermelha e ao anunciar o assalto. Momento em que o dono da garagem de carros teria reagido e ao entrar em luta corporal com Brendon acabou sendo alvejado com disparos nas nádegas e na perna por “Tiago”.

Enquanto fugia do local, os dois suspeitos entraram em confronto com o cabo da PM, Marcos Antônio da Silva e o com outro policial que estavam nas proximidades. Com a troca de tiros, o cabo foi ferido no peito, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no box de emergência do Pronto Socorro de Várzea Grande.

Leia também:  Menina de 9 anos relata sofrer abuso do padrasto e suspeito é preso em MT

O dono da revendedora de carros foi socorrido por familiares encaminhado até uma unidade de saúde e sendo liberado em seguida.

A dupla de assaltantes permanece foragida. O suspeito identificado pelo dono do estabelecimento, é acusado de ter cometido vários crimes.

As investigações já foram iniciadas pela Delegacia de Homicídios e Proteção À Pessoa (DHPP).

O corpo do cabo da PM, Marcos Antônio da Silva está sendo velado na Igreja Adventista, localizada na região central de Várzea Grande. O enterro está marcado para às 15h, no cemitério Parque Bom Jesus.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.