Para aqueles que reclamaram que os carros da Fórmula 1 em 2014 ficaram mais lentos que os modelos anteriores com a adoção dos motores V6 turbo no lugar dos V8, um alento. Na opinião do diretor esportivo da Pirelli, Paul Hembery, os bólidos desta temporada poderão ser até três segundos mais velozes que os do ano passado. Isso significa que os carros poderão ser até mais velozes que os de 2013.

Como homem-forte da fornecedora de pneus da categoria, Hembery tem uma visão geral do desenvolvimento de todas as equipes. Para o dirigente, o aumento da velocidade dos bólidos virá através do desenvolvimento aerodinâmico e das atualizações dos motores no segundo ano do regulamento vigente.

Leia também:  AssuRoo | Time de futsal de surdos de Rondonópolis conquista 2° lugar da competição em Campo Grande

– Nossos dados inicias sugerem que haverá grande salto. Os times tiveram a capacidade de mudar muita coisa para esta temporada, principalmente com relação à unidade motriz. E na nossa visão, em Melbourne (1ª etapa), ou no mais tardar na China (3ª etapa), veremos alguns saltos muito significativos em relação à temporada passada. Acho que estamos falando em torno de dois ou três segundos mais rápido por volta. E isso é uma enorme diferença – analisou.

Para Hembery, o grande aumento da velocidade dos carros para 2015 será  um desafio para a produção dos compostos pela Pirelli. Segundo o dirigente, após a fornecedora adotar uma postura conservadora no primeiro ano das novas regras, chegou a hora de ser mais “agressiva” na produção e escolha dos pneus para esta temporada.

Leia também:  Cuiabana sobe pódio do xadrez no nacional dos 'Jogos Escolares'

– Isso significa para nossos pneus que o que era uma escolha conservadora para a temporada passada pode ser bem agressiva nesta temporada.

O campeonato 2015 da Fórmula 1 começa com o GP da Austrália, de 13 a 15 de março. Antes disso os pilotos vão para a pista para os testes de pré-temporada. A primeira semana de atividades será de 1º a 4 de fevereiro no circuito de Jerez de la Frontera.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.