O petista Lúdio Cabral negou que tenha intenção em assumir a presidência da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), já que este tem sido um assunto que corre pelos bastidores.

Segundo fontes da Coluna a articulação para que Lúdio ocupe o cargo tem sido feita pelos deputados Ságuas Moraes (PT) e Valtenir Pereira (Pros) que insistem que o ex-vereador precisa ter um cargo no qual consiga se expressar, depois do resultado das eleições de 2014, onde o petista saiu derrotado na disputa pelo Governo de MT.

No entanto, Lúdio Cabral reafirmou a sua vontade de permanecer em Cuiabá mais próximo da família. Em sua página no Facebook, o petista publicou que vai continuar “exercendo a medicina e seguirá na luta como cidadão e militante”.

Leia também:  Metralhadora giratória
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.