Alguns funcionários dizem estar vivenciando uma verdadeira ditadura na Coder, onde a vontade do mestre deve ser acatada sem nenhuma discussão.  O posto de ditador foi dado ao diretor administrativo , Sérgio Luís Gomes Teixeira, pelos funcionários após a manifestação realizada na manhã desta terça-feira (06), onde os presentes afirmam, que ele se negou a conversar com o Sindicato que defende a categoria.

Conforme os trabalhadores, Sérgio virou as costas para o Sindicato e simplesmente ignorou. Diante do fato, o diretor saiu vaiado pelos manifestantes do local.

 

Advertisements
Leia também:  Sicredi pode ter a conta da Prefeitura

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.