No ano em que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ficou marcado pelos número de candidatos que zeraram a redação em 2014, a rondonopolitana Laís Ferreira, 18 anos, conseguiu uma ótima nota dentre os 6,2 milhões de inscritos no exame.

No país, 529.374 estudantes tiraram a nota zero na redação do ENEM 2014 e apenas 250 conseguiram atingir a nota máxima de 1000 pontos. A jovem, Laís Ferreira Santos, que concluiu o Ensino Médio em 2013 e fez o Enem pela 3ª vez ( uma como treineira e as outras duas como candidata), obteve a nota de 920.

A jovem divulgou na quinta-feira (15) a nota recebida no Enem -  Foto: Reprodução / Facebook
A jovem divulgou na quinta-feira (15) a nota recebida no Enem – Foto: Reprodução / Facebook

De acordo com a rondonopolitana que divulgou a nota alcançada em uma rede social, ela teve uma surpresa ao ver a nota que recebeu na redação. “Fiquei muito feliz, não imaginava que teria me saído tão bem,” disse a jovem.

Leia também:  União volta a campo precisando vencer o Dom Bosco

Segundo ela, a dedicação e o hábito de ler são quesitos fundamentais para quem vai fazer o exame “É fundamental muita leitura de atualidades, temas antigos do Enem. Eu treinei muito redação, fazia duas por semana e foi assim por alguns meses. Ler é de extrema importância para quem quer se sair bem na escrita,” opinou Laís Ferreira.

Laís Ferreira Santos dedica 9h por dia aos estudos - Foto: Arquivo Pessoal
Laís Ferreira Santos dedica 9h por dia aos estudos – Foto: Arquivo Pessoal

A rondonopolitana que estudou sempre em escola pública disse a reportagem do site AGORA MT que ainda não decidiu quais cursos pretende se inscrever para concorrer tanto no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) quanto no Programa Universidade para Todos (Prouni). “Estou em dúvida entre ciências biológicas na UFMT [Universidade Federal de Mato Grosso] ou agronomia em uma universidade privada de Rondonópolis,” disse a estudante.

Leia também:  Esporte e Lazer promoverá diversas ações para população no 2º Mutirão da Justiça Comunitária

Além de estudar sozinha em casa e fazer cursinhos na internet, Laís ainda contou com a ajuda da mãe, Cléo Ferreira que é formada em Letras. “Minha mãe me ajudou muito com a redação e com a matéria de língua portuguesa,” afirmou.

Para atingir a nota máxima, a jovem revelou que faltou mais abrangência do tema da redação “Publicidade Infantil em questão no Brasil”. Porém, ela disse que se sente satisfeita com a nota recebida já que para ela o tema da redação era difícil.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.