Casa onde ocorreu o crime - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Casa onde ocorreu o crime – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Juraci Carolino Sobrinho, 42 anos, que vinha sendo procurado pela polícia desde julho de 2014, acusado de matar a ex-mulher com mais de 30 facadas no bairro Santa Clara, foi preso pela Polícia Judiciária Civil (PJC) na manhã desta terça-feira (13) na cidade de Jaçanã, no Rio Grande do Norte. Segundo informações ele estava escondido na casa da irmã.

A prisão aconteceu após um trabalho de troca de informações entre a Delegacia Regional de Rondonópolis e a Polícia Civil do Rio Grande do Norte. As investigações duraram mais de dois meses quando foi expedido um mandado de prisão pela comarca de Rondonópolis.

Ele é natural da cidade e por isso teria retornado ao local. O acusado estava em uma área rural e está detido no Centro de Detenção Provisório (CPD) de Santa Cruz aguardando decisão da Justiça de Mato Grosso.

Leia também:  Homem é preso por tentativa de homicídio em bar de Pedra Preta

O CRIME

Rosilene trabalhava como confeiteira em um supermercado de Rondonópolis, morava em uma casa que dividia o terreno com sua mãe. A vítima estava separada de Juraci com quem teve três filhos, sendo que a mais velha tem oito anos.

Segundo informações da família, Rosilene se separou devido a crises de ciúmes do marido e que ele nunca se conformou com o fim do relacionamento. Familiares contam que no dia do crime, o suspeito usou uma escada e do quintal do vizinho passou pelo muro e aguardou até que a vítima estivesse sozinha para cometer o crime.

A filha mais velha do casal de apenas oito anos foi quem encontrou a mãe caída na sala da casa e gritou para pedir ajuda. A família está revoltada com toda a situação.

Leia também:  Operação Conectados é realizada em Paranatinga e quatro são presos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.