Em 2014, 17 policiais entre civis e militares perderam a vida no estado de Mato Grosso – MT. No total foram 14 agentes da Polícia Militar e três da Polícia Civil (PC). As informações são de um levantamento realizado pela Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp).

Entre eles, apenas quatro foram assassinados enquanto trabalhavam e o restante fora de serviço. Em 2013, foram registrados 16 policiais militares vítimas de assassinato. Conforme o levantamento, não houve registro de nenhum PC assassinado.

De acordo com informações, dos três policiais civis mortos, dois não estavam trabalhando quando foram assassinados. As duas vítimas foram mortas em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá (215 Km de Rondonópolis). Uma delas foi assassinado em um bar no Bairro Cristo Rei, com vários tiros, em agosto do ano passado.

Leia também:  Menor é apreendido pilotando moto roubada na Vila Operária

Já o outro investigador da PC foi morto fora de serviço após reagir a uma tentativa de assalto, no mês de maio. Ele tinha acabado de sacar uma quantia em dinheiro em uma agência bancária, localizada na região central de Várzea Grande, quando foi abordado pelos assaltantes.

Entre as vítimas da PM, apenas três foram assassinados durante o trabalho. Uma delas ocorreu no Bairro da Manga, também em Várzea Grande, durante confronto com dois assaltantes. Ele tentava prender os ladrões de uma loja de revenda de veículos, localizada na Avenida Dom Orlando Chaves, quando foi atingido no peito por um disparo de arma de fogo.

Leia também:  Assessor do presidente da ALMT morre em acidente na BR-070

Outros 11 policiais morreram fora de serviço. Como é o caso do 3º sargento da PM, Aelson Alves de Souza, 49 anos, que foi assassinado no início da noite do dia 15 de dezembro do ano passado. Ele morreu após sair de seu turno de trabalho. Ao retornar para casa foi seguido por dois suspeitos em uma motocicleta. O caso aconteceu em Rondonópolis. O garupa sacou a arma e efetuou vários disparos contra o sargento. A vítima morreu no local após ser alvejada com três disparos que acertaram seu pescoço e cabeça. (leia mais)

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.