O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) saiu às ruas hoje (14) para reivindicar o cumprimentos dos acordos com a Secretaria de Habitação do Estado de São Paulo. A mobilização tem em pauta também a luta contra o aumento das tarifas no transporte. Segundo a Polícia Militar (PM), participam da passeata cerca de 500 manifestantes. O movimento diz que há 3 mil.

O grupo se concentrou às 14h30 na Praça da Sé, na região central da cidade. Eles saíram pelas ruas do centro e chegaram por volta das 16h15 na Rua Boa Vista, onde ficam a Secretaria de Habitação e a de Transportes Metropolitanos.

Há cartazes e faixas estendidos na rua. O trânsito está interditado. “O objetivo da manifestação é reivindicar da Secretaria de Habitação do estado o cumprimento dos compromissos com as ocupações do MTST que foram feitos em 2014. Houve a mudança do secretário e os compromissos estão em suspenso. Então nós queremos garantir que eles sejam cumpridos”, disse o coordenador do MTST, Guilherme Boulos. O movimento espera ser recebido pelo novo secretário, Nelson Baeta Neves.

Leia também:  Policial inconformado com fim de relacionamento agride ex-namorada no meio da rua

“O segundo ponto, é deixar claro o repúdio do MTST ao aumento da tarifa e mostrar que o MTST está junto na luta pela redução da tarifa do transporte”, completa. A Secretaria de Habitação que deverá se manifestar mais tarde.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.