Os chips foram encontrados em uma vasilha com carne - Foto: Você Repórter
Os chips foram encontrados em uma vasilha com carne – Foto: Você Repórter

Nilvani Maria de Jesus Silva, 48 anos, foi detida na tarde deste domingo (4) tentando entrar com 20 chips de aparelhos celulares dentro da Penitenciária Major Eldo de Sá Correia, a Mata Grande, no município de Rondonópolis.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), os chips foram encontrados por agentes penitenciários dentro de uma vasilha com carne durante a revista de alimentos.

Segundo informações de um dos agentes, os chips seriam entregues para o reeducando Jonantan de Jesus Silva, vulgo “Paulo Nunes”.

Diante dos fatos, a mulher foi conduzida a 1ª Delegacia de Polícia para as devidas providências.

Os chips encontrados pelos agentes penitenciários - Foto: Você Repórter
Os chips encontrados pelos agentes penitenciários – Foto: Você Repórter
Advertisements
Leia também:  Condutor e passageiro são presos com 135 kg de cocaína em fundo falso de caminhonete

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.