Foto: Bradfor
Foto: Bradfor

O ano de 2014 para a pecuária em Mato Grosso – MT foi de preços acima do esperado. A arroba do boi gordo, que começou valendo R$ 90,00, terminou por volta de R$ 130,00. O otimismo durante todo o ano, só foi interrompido por um caso de vaca louca no estado, que embargou a carne local para alguns países.

Dados apontam que o abate de fêmeas em anos anteriores para superar dificuldades de descapitalização, resultou na diminuição do rebanho em 2014, e consequentemente em uma menor oferta de animais para abate. Ocasionando um aumento no preço da arroba.

Membros da diretoria da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), acreditam que o agronegócio mato-grossense viveu um ano positivo. “Felizmente a procura pelos produtos oriundos da pecuária mato-grossense foi maior que a oferta. Conseguimos manter o preço da arroba em patamares elevados, o que deve continuar acontecendo em 2015″, afirma o primeiro suplente da Famato, Paulo César Belondi.

Leia também:  Pontes e Lacerda | Construção Civil é o setor que mais gera empregos em junho

Entre as conquistas do agronegócio em 2014, o presidente do Sindicato Rural de Porto Alegre do Norte e suplente de vice-presidente da Região IV da Famato, Édio Brunetta, destaca a participação de representantes do setor na política do Estado e do Brasil. “Em 2014 conseguimos o fortalecimento do setor aos termos um produtor rural de Mato Grosso à frente do Ministério da Agricultura e um representante de Mato Grosso na Secretaria de Política Agrícola do Mapa. Nas eleições deste ano tivemos representantes do agronegócio eleitos para o cargo de deputado estadual e federal, além do vice-governador também ser do setor. Esse cenário mostra a força que a classe tem perante a sociedade”, afirma Brunetta.

Leia também:  Preço do diesel e da gasolina são reajustados nas refinarias

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.