Uma assembleia com os policiais civis será realizada na manhã desta quinta-feira (22), na 1ª Delegacia de Polícia, em Rondonópolis (MT). Os investigadores e escrivães da Polícia Civil aguardam uma resposta do governo do Estado nesta quarta-feira (21) com relação a reestruturação salarial de 15%, especialmente, com relação a implantação no aumento já na folha de pagamento referente ao mês de janeiro deste ano.

Foto: AGORA MT
A presidente do Siagescop, Zilene Leal da Silva – Foto: AGORA MT

De acordo com a presidente do Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil  (Siagescop), Zilene Leal da Silva, caso haja uma negativa por parte do governo, durante a assembleia, os policiais vão decidir se aprovarão o indicativo de greve.

“O indicativo de greve vai depender da resposta do governador hoje, se não houver a implantação do aumento, o indicativo servirá como um alerta, é preciso avisar o governo que se não tomar atitudes, nós teremos,” disse a presidente.

Leia também:  Trio tenta roubo em residência, mas vítima grita e expulsa suspeitos

Ainda conforme a presidente do Siagescop, todos os policiais da região foram convocados para participar da reunião que inicia às 8h nesta quinta, ainda durante a reunião será feita a prestação de contas por parte da diretoria do Sindicato.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.