O ‘leite de caixinha’, está mais barato nos supermercados de Rondonópolis. Em um dos locais, o litro do produto pode ser comprado a R$ 1,59. A explicação para os baixos preços vem do campo, onde ficam os principais prejudicados pelo custo mais barato do item.

As cotações reduziram desde setembro/2014, registrando em novembro/2014 ao bovinocultor R$ 0,781/l.

Com os estoques cheios de leite, a indústria de laticínios em Mato Grosso fortalece o período de safra. A alta oferta de leite gera queda nos preços, tanto pagos ao produtor, como dos derivados na indústria. As informações são de acordo com Relatório Mensal do Leite, divulgado pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Leia também:  Receita paga 4º Lote de restituição nesta sexta-feira

Enquanto houver excesso de produto e dificuldade no escoamento, essa pressão de baixa deve perdura, inclusive nos principais estados produtores e exportadores, onde também houve diminuição nos preços e na exportação.

Ainda relacionado ao comércio exterior, os economistas do Instituto concluem que a maior disponibilidade interna de leite e derivados e a valorização do dólar frente ao real diminuíram a importação em 17,1%. Dessa forma é notório um mercado estagnado dentro e fora do país, com um grande volume de leite produzido.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.