Último remanescente da temporada de estreia da Fórmula 1 em 1950, o francês Robert Manzon morreu nesta segunda-feira, aos 97 anos. Ele também era o ex-piloto de F-1 mais velho ainda vivo. Ele faleceu em casa, em Cassis, uma comuna localizada em Marselha, sudeste da França. As causas não foram divulgadas.

Robert disputou 28 GPs na principal categoria de automobilismo do mundo entre os anos de 1950 e 1956, sendo sete pela equipe Simca Gordini, 16 pela Gordini e outros cinco pela Ferrari. Ele subiu ao pódio duas vezes: no GP da Bélgica de 52 e no GP da França de 54.  Manzon foi companheiro de equipe do brasileiro naturalizado francês Hermano João da Silva Ramos, o “Nano”, em suas duas últimas temporadas na F-1.

Leia também:  Luve perde e está de volta à Zona da Degola

Nascido em Marselha em 12 de abril de 1917, Manzon foi mecânico e distribuidor de peças para motores diesel. Fã de corridas, precisou esperar o fim da Segunda Guerra Mundial para realizar o sonho de virar piloto. No fim da década de 1940, ingressou na equipe Gordini. O time era composto por mais três pilotos, e era chamado de “Os Três Mosqueteiros” em referência à obra de Alexandre Dumas, que contava as aventuras de Athos, Porthos, Aramis e D’Artagnan.

Com a consolidação de um campeonato mundial de automobilismo, a Fórmula 1, Manzon teve a oportunidade de participar da temporada de estreia. Ausente da primeira corrida, em Silverstone (Inglaterra), o francês estreou no GP de Mônaco, dia 21 de maio de 1950. Ele participou de mais duas corridas naquele ano, terminando o torneio na 17ª colocação.

Leia também:  1º Campeonato de Futebol Amador está com inscrições abertas até segunda

Já aposentado, Manzon fundou o Clube Internacional dos Ex-pilotos de Fórmula 1 em 1962 com o pentacampeão Juan Manuel Fangio, o bicampeão Nino Farina e outros pilotos de renome da época. Em 2008, com 90 anos, guiou um modelo da Gordini durante o GP Histórico de Marselha.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.