cabo da pm assassinado em taporãUm policial militar foi assassinado na noite deste domingo (4), no distrito de Nova Fronteira, no município de Tabaporã (MT). O capo da PM, Renilson Vicente, 42 anos, (foto ao lado) teria sido agredido pelo suspeito, Daniel Augusto Tschope 32 anos, com várias coronhadas, sofreu traumatismo craniano e não resistiu.

Segundo informações do site Só Notícias, o suspeito de ter cometido o crime é um médico veterinário com quem o cabo teve um desentendimento. O acusado teria entrado em luta corporal com o policial e em seguida, tomou a arma do cabo para agredi-lo com as coronhadas. Após cometer o crime, o suspeito fugiu do local.

O cabo que ficou gravemente ferido, morreu poucos minutos depois no local.

Leia também:  Pai é preso acusado de estuprar filha de 13 anos em Mato Grosso

O suspeito foi localizado, na manhã desta segunda-feira (5) pela polícia em um sítio em Americana do Norte, em Taporã. Ele foi preso em flagrante e encaminhado ao presídio de Ferrugem.

De acordo com informações de testemunhas, Daniel já havia ameaçado o policial em outra ocasião ao passar várias vezes na frente da residência do PM. Desconfiado, o cabo tentou abordá-lo, momento em que começou a confusão e terminou na morte do policial.

A Politec foi acionada para analisar o homicídio e elaborar o laudo para ajudar nas investigações da Polícia Civil. O corpo de Renilson passou pelo exame de necropsia e foi liberado para ser o velório e sepultamento.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.