Praticar exercícios físicos é muito importante para manter a saúde e o corpo em dia, e a academia se transformou uma extensão do escritório na rotina da repórter Carol Barcellos. O treino funcional ganhou uma força a mais depois que ela aceitou participar da temporada 2015 do Planeta Extremo. Disposta a encarar e superar os desafios sugeridos pelo programa, a jornalista se dedica aos treinamentos, que também incluem natação e pilates, e vem chamando atenção pelo corpo. Para ela, os resultados vão muito além da estética já que, essa não é a prioridade no programa.

– Para onde a gente vai não tem espaço para vaidade. Não sei se as pessoas vão se decepcionar quando me virem no programa, mas ali não dá para ficar preocupada se o cabelo está arrumado porque, as vezes, você fica três dias sem tomar banho. Na Amazônia foi isso – afirmou.

Leia também:  Circuito de Tênis começa nesta quarta em Cuiabá

Neste domingo, depois do BBB15, Carol Barcellos encara ao lado de Clayton Conservani uma ultramaratona de 127km na selva amazônica. E para participar de uma corrida na selva, escalar árvores gigantes e mergulhar em cavernas, Carol precisou incorporar diferentes técnicas de treinamento ao seu dia-a-dia, que ainda se divide no trabalho e em cuidar da filha Júlia, de dois anos. Para ajudar no trabalho de musculação, a repórter conta com a supervisão do preparador físico César Parcias, que busca exercícios que trabalhem o corpo de uma maneira integrada.

– Ela faz uma coisa global e o condicionamento físico também tem que ser global. E a gente varia o treinamento dela nisso: força, resistência, condicionamento cardio respiratório, parte de biometria, equilíbrio, coordenação motora. Essa diversidade de valências físicas para deixar a Carol sempre preparada para qualquer desafio extremo que ela vai encarar. – explicou César.

Leia também:  União vence e avança na série D

Além da atividade física Carol também procura manter uma dieta variada e equilibrada. Fã de produtos naturais, ela evita comer carne vermelha, açúcar e glúten em excesso. Produtos à base de leite também não têm muito espaço no cardápio da repórter que abusa das saladas e carnes magras no cardápio.

– Todos os lugares que a gente vai são lugares complicados, que sua cabeça já está trabalhando no limite. Porque você não tem contato com a sua família, você não dorme direito, porque tudo é mais complicado. Então, saber que o meu corpo, pelo menos está preparado, me dá uma tranquilidade – disse Carol.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.