Foto: assessoria/ PJC
Foto: assessoria/ PJC

O julgamento de Evanderly de Oliveira Lima, acusado de assassinar a juíza e ex-esposa, Glauciane Chaves de Melo, que já estava marcado para Maio deste ano, foi mais uma vez adiado. Acontece que o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) acatou o pedido do advogado de defesa, Edno Damasceno, de transferir a comarca do julgamento de Alto Taquari para Alto Araguaia.

“Se for julgado em Alto Taquari, a sentença pode ser injusta visto que o júri seria pessoas daquele local”, afirmou Edno.

Agora uma nova data do julgamento será marcada.

A juíza foi assassinada pelo ex-maridoGlauciane Chaves de Melo,
Juíza foi assassinada pelo ex-marido – Foto Internet

Vale lembrar que no fim do ano passado a defesa teve mais uma vitória no processo. Caso condenado,

Evanderly terá menos tempo de pena, visto que uma de suas qualificadoras foi retirada.

Leia também:  Motorista de uber é encontrado morto com facada na nuca
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.