O presidente do PMDB de Cuiabá, Clóvis Cardoso, confirmou que o ex-secretário estadual Éder Moraes pediu a desfiliação da sigla na última sexta-feira (06). Éder, por telefone, se justificou ao presidente dizendo que devido a problemas pessoais decidiu se afastar do Partido.

“Ele ligou agradecendo o período em que esteve no partido e disse que resolveu cuidar dos problemas pessoais e deixar coisas secundárias de lado. Ele disse que está passando por um momento muito difícil e que não tem também intenção de se candidatar a nada nestas próximas eleições, militar na sigla ou nada parecido. Foi uma questão de consciência”, contou o Clóvis Cardoso.

O ex-secretário é um dos acusados da Operação Ararath, deflagrada pela Polícia Federal no ano passado.

Leia também:  Ministro nega pedido de habeas corpus para ex-comandante da PM

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.