A previsão é que Mato Grosso seja o maior produtor de grãos do país em 2015, o estado deve ser responsável por 23,1 % da produção total do Brasil. Segundo a pesquisa divulgada no fim dessa semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a previsão é que a região Centro-Oeste lidere o ranking da safra 2015 (caroço de algodão, amendoim, arroz, feijão, mamona, milho, soja, aveia, centeio, cevada, girassol, sorgo, trigo e triticale) com o resultado de 81,7 milhões de toneladas.

Essa foi a 1ª estimativa deste ano para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas que deve colher os bons resultados que chegarão a cerca de 201,3 milhões de toneladas em 2015. De acordo com o IBGE a estimativa da área a ser colhida é de 57,2 milhões de hectares, total que mostra o acréscimo de 1,6% frente à área colhida em 2014 (56,3 milhões de hectares).

Leia também:  Reajuste nas contas de energia começam a valer em novembro

Comparativamente à safra passada a região Centro-Oeste apresentou uma queda de 1,5% em relação à produção do ano anterior. Nessa avaliação para 2015, o Mato Grosso lidera com uma participação de 23,1%, seguido pelo Paraná (18,2%) e Rio Grande do Sul (15,9%), que, somados, representaram 57,2% do total nacional previsto.

Arroz, milho e soja, são os três principais produtos deste grupo, somados representaram 91,6% da estimativa da produção e responderam por 85,4% da área a ser colhida.

PESQUISA

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) é uma pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras dos principais produtos agrícolas, cujas informações são obtidas por intermédio das Comissões Municipais (COMEA) e/ou Regionais (COREA); consolidadas em nível estadual pelos Grupos de Coordenação de Estatísticas Agropecuárias (GCEA) e posteriormente, avaliadas, em nível nacional, pela Comissão Especial de Planejamento Controle e Avaliação das Estatísticas Agropecuárias (CEPAGRO) constituída por representantes do IBGE e do Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento (MAPA).

Leia também:  Exportação de carne bovina aumenta e MT atinge novo recorde
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.