A conta de luz está ficando cada vez mais cara e isso não é nenhuma novidade para maioria dos consumidores. O que muitos ainda não sabem é o motivo desse aumento. A conta de luz pode subir até acima de 50% em 2015. As informações são baseadas nas decisões tomadas ontem (03) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A Agência autorizou os primeiros reajustes de 2015, para seis das 63 distribuidoras do país.

Outros impactos ainda devem ocorrer nas contas de luz, como o repasse para tarifa cobrada dos consumidores da conta do fundo, Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), que ocorre devido ao aumento do custo de geração resultante do baixo nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas, o que pode levar a alta na tarifa de parte dos consumidores a passar de 50%.

Leia também:  Preço do aluguel cai nos últimos meses em Rondonópolis| TV Agora

ENTENDA

Em janeiro de 2013, a presidente Dilma Rousseff aprovou uma lei para baratear as contas de luz em até 20%. Para conseguir essa redução, o governo baixou ou extinguiu encargos sobre a tarifa, entre elas a CDE, e renovou contratos de concessão de geração e transmissão de energia pagando menos pelo serviço.

Mas, devido à falta de chuvas desde o fim de 2013 os planos mudaram. Em 2014, a alta média nas contas foi de 17,3%, conforme dados do IBGE.

Com pouca água nos reservatórios das hidrelétricas, as distribuidoras tiveram que recorrer às usinas térmicas, que produzem energia mais cara.

Para evitar a alta no ano passado, o governo autorizou empréstimos bilionários às distribuidoras. É essa conta, entre outras, que chegam este ano aos consumidores.

Leia também:  MT registra queda nas vendas de veículos de 8,8% em junho
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.