ciclismoA equipe de Cross Country Olímpico de Rondonópolis compete em 12 categorias no Ranking Brasileiro de Cross Country Olímpico 2015 que acontece no dia 1ª de março. Entre os participantes estão as duas Elites, nos naipes masculino e feminino, que fazem parte dos Jogos. A Copa Rondonópolis de Cross Country Olímpico será a segunda etapa do ano, em nível nacional conforme explica o dirigente da Federação Mato-Grossense de Ciclismo (FMTC), Manoel Lima.

Atletas de várias partes de Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal, já se mobilizam, visando tomar parte neste evento. A modalidade do Cross Country Olímpico, que faz parte dos Jogos Olímpicos desde 1994, vai ter a sua temporada mais importante e decisiva, devido à formação da seleção Brasileira Olímpica, para os Jogos do Rio em 2016.

Leia também:  União volta a jogar sábado pelo Sub-19

“Os atletas mato-grossenses fizeram uma excelente temporada, no ano passado. O que nos faz falta ainda é o apoio por parte do Governo de MT. Tivemos em 2014 sete títulos em nível de Brasil no Ranking Nacional de Ciclismo Olímpico e Cross Country. A nossa meta é suplantar os 12 títulos da temporada de 2012” explica Manoel Lima.

Ainda conforme o dirigente, os melhores atletas do país nas modalidades do esporte do pedal estão nas cidades de Tangara da Serra, Rosário Oeste, Acorizal, Sorriso e Barra do Garças. “Se tivermos um melhor apoio, é possível que tenhamos atletas de MT, nas três modalidades Olímpicas, que são o BMX, Ciclismo Olímpico e Cross Country. Os atletas do esporte do pedal, já protocolaram quase todos os processos de inclusão junto ao Programa Bolsa Atleta do Governo de Mato Grosso. Por seis anos consecutivos, o ciclismo é a modalidade amadora que mais solicita inclusão junto ao programa” finaliza o dirigente.

Leia também:  Futebol em luto: morre Gilson Lira

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.