Rotuladas como locais de bons aprendizados, nem mesmo as escolas estão seguras da violência. Na manhã desta quarta-feira (25), um aluno da Escola Estadual Maria Elza Ferreira Inácio localizada na rua dois, bairro Marechal Rondon, em Rondonópolis, teve seu celular roubado, por um suspeito que pulou o muro instituição para cometer o crime.

Conforme consta no Boletim de Ocorrências (BO), a ação aconteceu no horário de recreio, quando um ex-aluno identificado como I. A. B. sem idade divulgada, juntamente com outro jovem, teria pulado o muro da escola, abordado a vítima e tomado um aparelho celular. Contudo, antes de fugir foram reconhecidos por professores e pela própria vítima.

Leia também:  Operação apreende equipamentos de garimpo antes de funcionar em Mato Grosso

A direção do colégio entrou em contato com a mãe do infrator, porém a mesma negou ir até o local alegando estar trabalhando. A Polícia Militar (PM), então, foi até a residência do suspeito identificado e encontrou a mãe que momentos antes afirmou estar trabalhando, enquanto na verdade, de acordo com a PM, estava conversando com uma vizinha.

A mãe do menor infrator não quis informar aos policiais onde poderia encontrar o filho. Diante disto, a PM encaminhou todos os envolvidos para a 1ª Delegacia de Políca.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.