Além de buscarem a reabilitação no NBB 7, Flamengo e Minas têm outro interesse em comum no confronto desta terça-feira, às 19h30, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, pela 20ª rodada da competição: um lugar no G-4. Derrotado pelo Bauru por 92 a 84 sexta-feira passada, no interior paulista, o atual bicampeão precisa vencer em casa para não entregar de bandeja a quarta colocação para o rival. Com uma vitória e uma derrota a mais do que o time rubro-negro, a equipe comandada por Demétrius Ferraciú por sua vez quer repetir o feito do primeiro turno, quando venceu o rival carioca por 78 a 76, para se reabilitar do revés diante do Brasília, em Belo Horizonte, e pular uma posição na tabela de classificação. A importância de um resultado positivo para ambas equipes é tão grande que o perdedor pode cair para a sexta colocação caso Franca derrote a Liga Sorocabana. A partida terá transmissão ao vivo do SporTV – o SporTV Play também transmite para assinantes – e cobertura em tempo real do GloboEsporte.com.

– É um confronto direto no qual o Flamengo joga em casa e é o favorito. Apesar de termos ganhado em Minas, sabemos que se trata de rival com um elenco cheio de jogadores que podem decidir a partida a qualquer momento e com uma rotação muito forte. Esperamos muita dificuldade, mas vamos tentar fazer o que temos feito durante vários jogos fora de casa, que é jogar bem na parte defensiva para podermos ter mais volume de jogo e mais opções ofensivas – analisou Demétrius.

Leia também:  Após derrota, Luve tem desafio contra o Oeste

Ciente de que o Flamengo ainda não mostrou tudo que pode, o técnico José Neto espera que sua equipe deixe a irregularidade do primeiro turno para trás e emplaque uma sequência vitoriosa para obter sua classificação nas primeiras posições.

– Vamos enfrentar a equipe que nos impôs a primeira derrota do campeonato, por dois pontos, lá em Minas. Agora, no segundo turno, temos que fazer nosso dever de casa e buscar uma série de vitórias importantes para que possamos ficar nas primeiras posições do campeonato. É um time que está surpreendendo na temporada e brigando pelas mesmas posições que nós. Por isso, temos que nos impor, fazer valer o fator casa e mostrar nossa qualidade para que possamos sair com uma vitória – afirmou o comandante rubro-negro, ainda sem saber se poderá contar com o retorno do armador Gegê, que segue em recuperação de uma entorse no tornozelo direito grau 2.

Leia também:  Flamengo vence Junior Barranquilla e garante a classificação para a final da Sul-Americana

Se depender do departamento médico do Flamengo e do próprio jogador, as chances de Gegê reforçar o Flamengo nesta terça-feira são boas. Fora das quadras desde a partida contra a Liga Sorocabana, o armador não esconde o otimismo em enfrentar o Minas.

– Otimista estou sempre, louco para voltar a jogar. Mas só eles que dão o aval – disse Gegê.

Eles no caso são o médico Cláudio Cardone e o fisioterapeuta Ricardo Machado. Responsável direto pela recuperação do armador desde sua contusão na véspera do primeiro jogo pela Liga das Américas, contra o Malvín, do Uruguai, Ricardo destaca a boa recuperação de Gegê, mas prefere manter a cautela em relação a participação do jogador na partida.

– Realizamos um excelente trabalho na quadra e notamos que ele reagiu muito bem aos estímulos que foram dados. Cada dia o Gegê se sente mais confiante em realizar os movimentos específicos. Vamos ver como vai acordar amanhã (terça-feira) – explicou o fisioterapeuta rubro-negro.

Mesmo brigando diretamente com o Flamengo pelas mesmas posições na tabela de classificação, o discurso do técnico do Minas é um pouco mais conservador do que seu rival. Demétrius prefere pensar em um jogo após o outro.

Leia também:  Brasil e Costa Rica fazem amistosos em Campo Verde e Cuiabá

– Claro que queremos nos classificar numa posição que nos permita ter a vantagem de quadra na primeira rodada dos playoffs, mas sabemos que nosso primeiro objetivo é obter a classificação. Independentemente da posição que ocuparmos. As equipes estão começando a se acertar, e o segundo turno é um outro campeonato. O Flamengo joga em casa e é um time que sempre vai brigar por títulos. Vamos tentar fazer um bom jogo e surpreendê-los aqui dentro – disse o técnico do Minas.

olivinha perto de marca histórica

Além de recolocar o Flamengo no caminho das vitórias, a partida pode ter um significado especial pode o ala-pivô Olivinha. Principal reboteiro do NBB, o jogador rubro-negro só precisa de mais dez para chegar à marca de 2.000 e se tornar o primeiro atleta na história da competição a alcançar tal feito. O confronto também será especial para Shilton. Dono da terceira melhor marca no fundamento, com 1628 rebotes, o pivô, que tem a segunda melhor média da atual temporada com 8,8 por jogo, enfrentará pela primeira vez sua ex-equipe no Rio de Janeiro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.