Em 2014, 3,3 bilhões de pessoas viajaram de avião, representando aumento de 170 milhões em relação a 2013, conforme anunciou ontem (5) a Associação Internacional do Transporte Aéreo (IATA).

O crescimento ocorreu principalmente por causa do aumento do número de passageiros registrados na Ásia-Pacífico e no Oriente Médio, com acréscimo de 11% no mercado interno chinês.

De acordo com a IATA, o mercado interno russo aumentou 9,8% em 2014, mas, com a economia em recessão, é esperado um declínio para este ano. Nos voos internacionais, o número de passageiros aumentou 6,1% em todo o mundo, a oferta cresceu 6,4% e a taxa de ocupação diminuiu 0,1%, alcançando 79,2%.

Nas companhias europeias, o número de passageiros subiu 5,7% e a taxa de ocupação aingiu 81,6%. Nas companhias da América do Norte, o aumento de passageiros internacionais chegou a 3,1%, enquanto a taxa de ocupação a 81,7%.

Leia também:  Fortes chuvas deixam dezenas de mortos e desaparecidos na China

Na região Ásia-Pacífico, o crescimento foi de 5,8% e a taxa de ocupação de 76,9%. As empresas aéreas do Oriente Médio tiveram o maior aumento, 13%. Na África, o crescimento foi o mais fraco, apenas 0,9%, o que a IATA atribuiu à situação econômica e não à epidemia de ebola.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.