O ex-presidente da Assembleia e ex-deputado José Riva (PSD) foi preso mais uma vez na tarde deste sábado (21) pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) em Cuiabá. A prisão é resultado da “Operação Imperador”, que investiga desvio de dinheiro público por meio licitações e pagamentos fraudulentos.

De acordo com a Gaeco a prisão ocorreu após uma denúncia criminal oferecida esta semana ao Poder Judiciário. Janete Riva e mais 14 pessoas que não tiveram o nome revelado para não atrapalhar as investigações, também foram denunciados. As demais prisões devem acontecer ainda hoje (21). Todo o grupo irá responder por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

José Riva é alvo de uma matéria investigativa que mostrará fatos de corrupção neste domingo (22) no Fantástico.

Leia também:  Deputado trabalha regularização fundiária de 2.475 imóveis

O ex-parlamentar já foi preso em março do ano passado durante a “Operação Ararath” da Polícia Federal. Após a soltura ele chegou a se candidatar como Governador do Estado, mas foi impugnado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.