Trecho apresentava buracos no mesmo período do ano passado - Foto: Arquivo AGORA MT
Trecho apresentava buracos no mesmo período do ano passado – Foto: Arquivo AGORA MT

A concessionária Morro da Mesa S/A, detentora do direito de exploração da MT-130 que liga Rondonópolis a Primavera do Leste, devolveu no fim do ano passado ao Governo do Estado o outro trecho que fazia parte da concessão, o Anel Viário Conrado Sales de Brito, parte que tem início no trevo do Jardim das Flores até a BR-364/163. O outro lado é de responsabilidade do município.

Em nota enviada pela assessoria de imprensa, a empresa afirma que assinou aditivo contratual com o Governo, por medida necessária para assegurar o reequilíbrio financeiro do contrato.

Contudo conforme o coordenador do Procon de Rondonópolis, Juca Lemos, a atitude é legal mas imoral, pois tirou o direito de concorrência de outras empresas.

Leia também:  Empresário expande comércio em Rondonópolis

“Na época da licitação, outras empresas pode ter deixado de disputar devido aquele trecho, ao ver que o investimento não compensava. Foi feito um estudo, então não adianta eles alegarem que não sabiam que não seria compensatório”, diz.

Ainda de acordo com o coordenado, mesmo quando o trecho era de responsabilidade da empresa, a manutenção não era mantido em dias, fato que resulto em várias notificações do órgão à concessionária.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.