Foto: assessoria
Secretária Marildes – Foto: assessoria

Para atender a demanda e prestar bons serviços na área de saúde, o município vem investindo acima do mínimo constitucional – 15% dos recursos. Em 2013 e 2014, o município investiu na saúde acima de 26%, e de 1º de janeiro até esta segunda-feira (9), o percentual do orçamento municipal investido na saúde já atinge 27,7%. O prefeito Percival Muniz não tem medido esforços para garantir um atendimento digno para a população.

Segundo a secretária Municipal de Saúde, Marildes Ferreira, o município está garantindo, com recursos próprios o atendimento relativo ao aumento da demanda de procura pelos serviços de saúde municipal e suprindo a falta de repasses de recursos do governo do Estado, que ainda não foram regularizados.

Leia também:  Carro estacionado em local proibido gera transtorno no Centro

Os recursos vão para as unidades de Estratégia de Saúde da Família – ESFs, a compra de medicamentos, ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu, a manutenção dos terceiros turnos, do Hospital da Criança e do Pronto Atendimento – PA, bem como ao laboratório municipal, pagamento de pessoal e demais serviços da saúde que são prestados para a população.

De acordo com Marildes, pela falta de cumprimento das obrigações do governo do Estado, o município vem arcando com os prejuízos, que se dão, além da falta dos repasses, em cumprimentos de liminares judiciais que são pagas pelo município e deveriam ser atendidas pelo Estado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.