Vários estabelecimentos comerciais, veículos e motociclistas foram fiscalizados no município e Primavera do Leste (231 km ao Sul), neste fim de semana, durante a operação “Asfixia”, que integra a macro operação “Impacto”, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), para enfrentamento da criminalidade nos primeiros 100 dias do ano de 2015.

Um efetivo de cerca de 30 profissionais da Polícia Militar, Civil, Bombeiros, e fiscais da Prefeitura foram empregados nas vistorias aos bares e lanchonetes e nas blitz montadas em bairros e avenidas da cidade.

Segundo balanço da operação, 353 pessoas foram abordadas, 19 estabelecimentos fiscalizados e 4 interditados. Também foram apreendidos papelotes de pasta-base e três aparelhos de som, cujos organizadores do evento pré-carnaval ultrapassaram o horário estipulado das 2 horas da madrugada e incomodavam os moradores com o som alto.

Leia também:  Travesti é morta por golpes em estacionamento de supermercado em MT

A operação “Asfixia” é realizada com base no mapeamento de áreas com índices de criminalidade, para onde são deslocadas as forças policiais para verdadeiro limpa em pontos usados por criminosos. As ações estão previstas dentro da operação Interior Seguro, outra vertente da mega operação “Impacto”.

As ações das Regionais da Polícia Civil no interior de Mato Grosso são acompanhadas pela Diretoria de Interior, que na semana passada traçou o calendário de operações, em cumprimento as metas da Secretaria de Estado de Segurança Pública. ” Nossa proposta é integrar as políticas de segurança, de forma a reprimir e prevenir o crime e reduzir a impunidade, aumentando a segurança e tranquilidade da sociedade”, disse diretora Maria Antônia Soares.

Leia também:  Após denuncia, Polícia Ambiental confirma desmatamento ilegal em fazenda no MT

Conforme Maria Antônia, as ações policiais serão compostas por forças-tarefas integradas com as delegacias de polícia e os órgãos da Segurança Pública e outras instituições parcerias.

O delegado regional de Primavera do Leste, Percival Eleotério de Paula, disse que já houve queda nos roubos e homicídios, desde que as Polícias intensificaram a atuação no município.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.