Josiane Conceição Gervasio, 34 anos, suspeita de matar a irmã a facadas durante uma discussão, se apresentou na tarde desta terça-feira (3) e foi ouvida pelos investigadores da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP), em Cuiabá. A suspeita estava foragida desde o dia 26 de janeiro, quando ocorreu o crime, na Cohab Eliane Gomes, em Várzea Grande.

A suspeita matou a irmã Ana Paula Gervasio, 27 anos, após uma briga por conta da filha. Na ocasião, a vítima teria levado a sobrinha de 9 anos para passear sem a autorização da mãe. A criança estava na casa de Josiane para passar as férias, já que o pai que possui a guarda da menina.

Mulher mata a irmã esfaqueada após simples discussão

Leia também:  Carro roubado em SP é recuperado e dupla é presa em Rondonópolis

De acordo com a delegada Anaíde Barros, o depoimento da suspeita condiz com o das testemunhas ouvidas durante a investigação.

Após ser interrogada, Josiane foi liberada por não ter contra si prisão decretada. A faca usada no crime foi apreendida pela polícia e encaminhada à perícia. O inquérito policial deve ser concluído nos próximos dias após o laudo da necropsia ser finalizado.

Testemunhas informaram que a suspeita possui histórico de agressividade, tanto que, já tentou matar o sobrinho com uma foice em uma determinada ocasião.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.