O treinador Thiago Oliveira valorizou a disposição do Dom Bosco na vitória sobre o Cacerense, que, além de se afastar da zona de rebaixamento ainda deixou o clube na vice-liderança do grupo B, com seis pontos. Segundo ele, a vontade dos atletas foi determinante já que o gramado não ajudou a prática do futebol. As constantes chuvas e um evento religioso sediado no local dias antes no local, deixaram a grama com muita lama.

– Tinha um pedaço na lateral que só tinha barro. Foi complicado. Lá é muito difícil jogar, independentemente se o gramado fosse ruim ou bom. Mas nosso time é mais técnico e sofremos um pouco mais. Tivemos que igualar na vontade. Conseguimos nos impor e criamos as melhores chances. Fiquei contente, claro pela vitória, mas também pela atuação do time – disse Oliveira.

Leia também:  União tem estreia contra o Dom Bosco confirmada

O Dom Bosco chegou à segunda vitória seguida no Campeonato Mato-grossense e busca embalar de vez para buscar a classificação.

– Entramos de vez na briga pela vaga. Os três pontos fora de casa foram muito importantes para nos dar confiança e embalar de vez. Era o que precisávamos. Agora vamos crescer ainda mais.

Na próxima quinta-feira, dia 26, os times voltam a se enfrentar desta vez no estádio Presidente Dutra, em Cuiabá.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.