Pelo jeito o deputado Zeca Viana (PDT) não engoliu mesmo a história da eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa (leia aqui), por não ter conseguido emplacar a sua candidatura à presidência por falta de apoio do governador Pedro Taques (PDT). O ressentimento tem falado mais alto e Zeca devagar tem mostrado as ‘garras’ contra o Governo e seus aliados.

Na última sessão, ocorrida na noite de ontem (24), Zeca questionou o destino correto do pagamento de cerca de R$ 3 milhões feito pelo governo Pedro Taques (PDT), recentemente, à Construtora Tripolo, pertencente à família do 1º secretário da Assembleia Legislativa, Ondanir Bortolini, o Nininho (PR).

O deputado do PDT reforçou que seu questionamento se deve ao “trabalho de transparência e honestidade” sempre defendido pelo governo e por ele.

Leia também:  Valtenir ataca e bloqueia 'diretórios' em MT

Viana indagou o líder do govenador na AL, Wilson Santos (PSDB) sobre o pagamento. “Pelo que me parece aí nobre líder, esse pagamento não é de tapa-buraco, não senhor. É pagamento de obra já concluída, ou que já foram feitas”, disparou Viana. “Pagamento, que se não me engano, foi de lama asfáltica feita em perímetro urbano de cidades. E inclusive suspeita, pelo trabalho e forma que foi feita”.

Já o líder do governo afirmou que no exercício de sua função, vai “prestar informações, fazer acompanhamento de colegas deputados”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.