Após trazer de volta da aposentadoria Tito Ortiz e Stephan Bonnar em 2014, o Bellator anunciou o retorno de mais um veterano do Hall da Fama do UFC nesta quinta-feira. Ken Shamrock, arquirrival de Royce Gracie nos primórdios do Ultimate, vai voltar para enfrentar Kimbo Slice, que também volta ao MMA após cinco anos afastado. Os dois vão se enfrentar no evento principal do Bellator em 20 de junho, em St. Louis (EUA).

A dupla tem história junta. Em 2008, Slice, então uma sensação de vídeos de brigas de rua na internet, enfrentaria Shamrock pelo EliteXC. Os dois chegaram a se pesar para o duelo, mas o veterano do UFC sofreu um corte momentos antes do combate e foi substituído por Seth Petruzelli, que derrotou Slice numa das maiores zebras da história do MMA. Sete anos depois, Slice, com 41 anos de idade, vai enfim ter sua luta contra Shamrock, de 51.

Leia também:  União perde em casa e dá adeus ao sonho da Série C

Toquinho alfineta fitch

Nada como um dia após o outro. Jon Fitch criticou Rousimar Toquinho quando o brasileiro abriu mão de enfrentá-lo para poder ajudar a mãe, que estava com problemas de saúde. Agora, foi a vez do atleta da Team Nogueira alfinetar o adversário, a quem finalizou em dezembro do ano passado e manteve o cinturão do peso-meio-médio, por conta do flagra no exame antidoping.

– Fiquei surpreso. Fui criticado, falaram da minha família. Ele (Fitch) disse que eu sou um lutador sujo. As pessoas têm o que merecem, né? Depois de tudo o que ele disse, não achava que algo assim fosse acontecer com ele, pensei que ele fosse perfeito. Não sei se isso faz a minha vitória mais expressiva, pois fiz exatamente o que queria fazer (finalizar). Na realidade, a única coisa que importa é que eu venci – disse o brasileiro ao site “MMA Fighting”.

Leia também:  Luverdense fica no empate com o Paraná

Hunt de olho no ranking

Mark Hunt deixou para trás a derrota para Fabrício Werdum, em luta válida pelo cinturão interino do peso-pesado, realizada em novembro do ano passado. O neozelandês volta suas atenções a Stipe Miocic, adversário do dia 10 de maio, no UFC Fight Night previsto para acontecer na Austrália. “The Super Samoan” está motivado para encarar o quarto colocado do ranking oficial da organização, o que pode ajudá-lo a retomar o rumo das vitórias.

– Eu gosto de qualquer luta. Ele está acima de mim, o que é bom. É exatamente o que eu queria. É óbvio que eu penso que sou o número 1 sempre, mas ele está melhor do que eu no ranking, então, está OK – declarou Hunt, em entrevista ao “MMA Hour”.

Leia também:  Brasil dá show em Cuiabá e avança no Grand Prix

Neer livre de investigação

A Comissão Atlética de Iowa já concluiu sua investigação sobre o incidente envolvendo o veterano do MMA Josh Neer, que publicou um vídeo de uma luta numa academia com um suposto internauta que estaria o assediando nas redes sociais. De acordo com o site “TMZ”, o diretor executivo da comissão, Joe Walsh, afirmou que o regulamento da entidade não cobre brigas em academias, e, portanto, Neer estava livre de qualquer sanção.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.