Após 26 anos, dois sobrenomes que fizeram história na Fórmula 1 voltarão a usar o mesmo uniforme e dividir a mesma pista – desta vez na Stock Car. Bruno Senna, sobrinho de Ayrton, e Nicolas Prost, filho de Alain, são dois dos pilotos convidados para a Corrida de Duplas, que abre a temporada 2015 da principal categoria do automobilismo brasileiro. O formato, em que os competidores oficiais revezam o carro com participantes de campeonatos internacionais, foi introduzido com sucesso no ano passado, em Interlagos. Desta vez, o palco será Goiânia. A prova, que será disputada neste domingo, terá transmissão ao vivo da TV Globo, a partir das 10h30 (de Brasília), dentro do Esporte Espetacular. O GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real.

Duelo Senna x Prost

Os sucessores de dois dos maiores ícones da F-1 são adversários na Fórmula E, a categoria de monopostos elétricos da FIA. O brasileiro pilota pela Mahindra, e o francês é titular da E.dams, equipe comandada pelo pai. No paddock, os jovens pilotos fazem questão de travar uma relação amistosa e dizem que a rivalidade que marcou a carreira dos parentes famosos já ficou para trás. No entanto, o mesmo não vale para as pistas. Convidado da Mico’s Racing, Bruno, que correrá com Antonio Pizzonia, e Nicolas, par de Júlio Campos, esperam disputa acirrada na prova de domingo.

– Sou amigo do Bruno, ele será meu companheiro de equipe, mas lá dentro será um adversário a mais – adiantou Nicolas.

– Vale lembrar de certa forma as lutas entre o Ayrton e o Alain, que sempre travaram grandes duelos. Espero que seja assim também com a gente, mas que estejamos brigando pela vitória junto com o Pizzonia e o Campos – disse Bruno.

o atual vencedor

Ao todo, 64 pilotos já estão confirmados para a prova, que tem 50 minutos mais uma volta de duração. O “pit stop de pilotos”, momento em que um passa o comando do carro para o outro, será um dos momentos cruciais da corrida. Enquanto o carro é abastecido, e os quatro pneus são trocados, um piloto cede o cockpit para o outro. Quem assume terá então que regular o volante e ajustar o cinto de segurança. Qualquer erro pode ser crucial e colocar tudo a perder. Por isso, as equipes estão ensaiando a troca com titulares e convidados.

No ano passado, o vencedor foi o jovem Felipe Fraga, caçula da Stock, com apenas 19 anos. Em sua prova de estreia na categoria, pela Vogel, o representante do Tocantins acertou na estratégia de troca e, após passar o bastão para o veterano Rodrigo Sperafico, vice-campeão da Stock em 2008, acompanhou dos boxes sua primeira vitória. Agora com o macacão da Voxx Racing, Fraga dividirá o carro o português Álvaro Parente, que já correu pela GP2 e atualmente se dedica ao FIA GT1. No ano passado, Parente foi parceiro de Denis Navarro.

– Fui recebido de braços abertos na Voxx Racing e tenho certeza de que faremos um grande ano em 2015. Tive uma temporada de estreia muito boa, com momentos inesquecíveis, como o da vitória logo na minha estreia, na Corrida de Duplas. Vou defender o título deste ano sabendo que o grid terá pilotos de altíssimo nível. Neste ano, outra motivação é que a corrida será em Goiânia, onde também venci em 2014 e sempre recebo um carinho especial da torcida – afirmou Fraga, referindo-se à proximidade do estado de Goiás com o vizinho Tocantins.

Leia também:  Acontece nesse final de semana 1º Torneio de Férias de Vôlei no Ginásio Municipal de Jaciara

pilotos da F-1 são atração à parte

Uma das principais atrações da Corrida de Duplas é a presença de diversos pilotos com passagem pela Fórmula 1. Entre titulares e convidados, são 13 ex-F-1, que somam 730 largadas em Grandes Prêmios, com 22 vitórias e 27 pole positions. Além de Ayrton Senna e Alain Prost, outro grande ícone da F-1 estará representado. Filho do tricampeão mundial Nelson Piquet, Nelsinho repetirá a parceria do ano passado com Átila Abreu, da AMG. O piloto de 29 anos também disputou a categoria máxima do automobilismo, em 2008 e 2009.

O nome mais forte do grid é o canadense Jacques Villeneuve, de 43 anos, que foi campeão mundial pela Williams, em 1997. O piloto reverá o carro de número 10 com Ricardo Zonta, que estreia como titular da A. Mattheis este ano. Os dois foram companheiros na equipe BAR nas temporadas 1999 e 2000 da F-1, e Villeneuve já teve uma participação na Stock em 2011, na Corrida do Milhão, em Interlagos.

– É ótimo correr novamente em uma categoria tão profissional como a Stock Car, ainda mais dividindo o carro com um piloto como o Ricardo Zonta, que foi meu companheiro de equipe na F-1. Correr no Brasil é muito especial, dá para sentir a energia dos fãs e a paixão que todos têm pelo esporte a motor. (A corrida de 2011) é provavelmente a mais memorável para mim e a mais importante também: conheci minha mulher nesta prova da Stock Car em Interlagos e agora já temos dois filhos – relembrou Villeneuve.

– Certamente será uma primeira corrida inesquecível, formando dupla com o Jacques, reeditando os tempos de F-1 quando dividimos juntos a mesma equipe. Só que, desta vez, nós corremos com um único carro e vamos lutar juntos pelo mesmo resultado. Ele tem se mostrado bastante interessado, com contato direto com a equipe e comigo. Tenho certeza de que seremos competitivos – completou Zonta.

veteranos da stock voltam à pista

Também estarão na pista 25 títulos da Stock Car, somados os campeonatos conquistados por todos os participantes do grid. Piloto da F-1 entre 1981 e 1983 e tricampeão da Stock, em 1999, 2000 e 2001, Chico Serra voltará à competição como convidado do filho, Daniel Serra, piloto da RBR Mattheis. Esta será a primeira vez que pai e filho dividem o carro em uma etapa da categoria. Chico estava ausente da Stock desde 2009, mas voltou como convidado na edição da Corrida de Duplas do ano passado, ao lado de Felipe Lapenna. Agora em família, o veterano de 58 anos e o titular de 30 anos esperam uma experiência repleta de emoções.

Leia também:  Federação e clubes definem detalhes da Copa FMF

– Quem diria que um dia os papéis iriam se inverter a ponto de eu pilotar o carro do Daniel. Vai ser bem legal poder dividir informações e passar o fim de semana trabalhando com ele – comentou Chico.

– Cresci vendo meu pai correr, principalmente, na Stock Car. Desde que me entendo por gente, o acompanhei nas corridas e pedia para começar a correr de kart. Agora, ter a chance de dividir o carro com ele vai ser uma experiência muito legal. Ano passado, ele correu a prova de duplas com o Lapenna e este ano vai ser bem divertido ver o “Chicão” no meu carro – acrescentou Daniel.

Outro “dinossauro” do grid será o paulista Ingo Hoffmann, um dos grandes rivais de Chico Serra nas pistas. Aos 62 anos, ele é detentor do recorde de títulos da Stock, com 12, conquistados entre 1980 e 2002. Ingo correrá justamente como convidado do atual campeão, Rubens Barrichello, que foi destaque na temporada passada ao vencer a Corrida do Milhão, também realizada em Goiânia. Por causa da idade, Ingo demonstrou temor em atrapalhar a prova de Rubinho, mas o ex-piloto da Ferrari na F-1 fez questão de contar com a parceria do amigo de longa data.

– Falei que não quero atrapalhar nem ser um peso para ele, mas ele disse que vamos para nos divertir. Mas sei que chegando lá a história é diferente. Falei para ele não ir tão rápido para não ficar feio para mim. Vamos para Goiânia como uma das duplas mais fortes, e também vamos aprender muito com a velocidade e a experiência dele – declarou Ingo.

– Meu pai tinha uma loja de material para construção em Interlagos e ele me levava para ver os treinos da Stock no autódromo. Quando apareceu aquele capacete laranjinha lá em casa foi amor à primeira vista. Tanto que é a cor predominante do meu capacete – contou Rubinho, que defende a Full Time na categoria brasileira.

duplas já confirmadas

Confira abaixo a lista de duplas já confirmadas para a abertura da Stock:

Full Time
#18 – Allam Khodair e Antonio Felix da Costa (Fórmula E e ex-World Series)
#111 – Rubens Barrichello e Ingo Hoffmann (ex-Fórmula 1 e Stock Car)

RCM
#21 – Thiago Camilo e Lucas di Grassi (Fórmula E, FIA WEC e ex-Fórmula 1)
#28 – Galid Osman e Beto Monteiro (Fórmula Truck)

RBR Mattheis
#0 – Cacá Bueno e Jose Maria “Pechito” López-ARG (WTCC)
#29 – Daniel Serra e Chico Serra (ex-Fórmula 1 e Stock Car)

Voxx Racing
#80 – Marcos Gomes e Mark Winterbotton (V8 Supercars)
#88 – Felipe Fraga e Álvaro Parente-POR (ex-GP2 e FIA GT)

Mico’s Racing
#1 – Antonio Pizzonia e Bruno Senna (Fórmula E)
#4 – Júlio Campos e Nicolas Prost (Fórmula E)

AMG
#12 – Lucas Foresti e Luiz Razia (Indy Lights)
#51 – Átila Abreu e Nelsinho Piquet (Fórmula E e ex-Fórmula 1)

Leia também:  MT fatura ouro e prata na luta olímpica dos Jogos Escolares

RC
#65 – Max Wilson e Vitor Meira (ex-Stock Car e Fórmula Indy)
#90 – Ricardo Maurício e Bebu Girolami-ARG (Super TC 2000)

A.Mattheis
#10 – Ricardo Zonta e Jacques Villeneuve-CAN (ex-Fórmula 1)
#77 – Valdeno Brito e Laurens Vanthoor-BEL (FIA GT)

Hot Car
#26 – Raphael Abbate e Nicolas Costa (Fórmula Pro Mazda)
#72 – Fábio Fogaça e Leandro Totti (Fórmula Truck)

Carlos Alves Competições
#35 – Rafa Matos e David Muffato (ex-Stock Car)
#110 – Felipe Lapenna e Vitantonio Liuzzi-ITA (Fórmula E e ex-Fórmula 1)

C2 Team
#73 – Sergio Jimenez e Fábio Carbone (ex-World Series)
#83 – Gabriel Casagrande e Enrique Bernoldi (ex-Fórmula 1)

Vogel
#5 – Denis Navarro e Felipe Giaffone (Fórmula Truck)
#70 – Diego Nunes e Ricardo Rosset (Porsche GT3 e ex-Fórmula 1)

RZ Motorsport
#8 – Rafael Suzuki e António Pérez (Nascar México)
#14 – Luciano Burti e Jaime Alguersuari-ESP (Fórmula E e ex-Fórmula 1)

Boettger
#46 – Vitor Genz e Matheus Stumpf (ex-FIA GT)
#82 – Alceu Feldmann e Ezequiel Bosio-ARG (Turismo Nacional)

Cavaleiro Sports
#11 – César Ramos e Frederic Vervisch-BEL (FIA GT)
#74 – Popó Bueno e Guilherme Salas (Brasileiro de Turismo)

Bassani Racing
#3 – Bia Figueiredo e Matias Milla-ARG (TC 2000)
#25 – Tuka Rocha e Chris van der Drift-NZL (ex-Fórmula Superliga, World Series e GP2)

confira a programação

A Stock Car 2015 terá 12 etapas. Além da Corrida de Duplas que abre a temporada, Goiânia será palco da etapa mais aguarda da competição, em agosto. O encerramento será em dezembro, em Interlagos. Confira o calendário completo!

As atividades da primeira etapa do ano já começam nesta quinta-feira, com treinos na pista e de troca de pilotos. O treino classificatório será no sábado, às 12h (de Brasília), com transmissão ao vivo do SporTV, e a largada está marcada para o domingo, às 10h30, com exibição ao vivo da TV Globo, dentro do Esporte Espetacular. Confira a programação detalhada, com horários de Brasília:

Quinta-feira, 19 de março
14h – 14h10 – Shakedown pilotos titulares
14h20 – 15h20 – 1º Treino – Grupo 1 pilotos convidados
15h20 – 15h30 – Grupo 1 – Treino de troca de piloto
15h40 – 16h40 – 1º Treino – Grupo 2 pilotos convidados
16h40 – 16h50 – Grupo 1 – Treino de troca de piloto

Sexta-feira, 20 de março
14h20 – 15h10 – 2º Treino – Grupo 1 pilotos convidados
15h15 – 16h05 – 2º Treino – Grupo 2 pilotos convidados
16h30 – 17h10 – 3º Treino – Grupo 1 qualquer piloto
17h15 – 17h55 – 3º Treino – Grupo 2 qualquer piloto

Sábado, 21 de março
08h00 – 08h40 – 4º Treino – Grupo 1 qualquer piloto
08h50 – 09h30 – 4º Treino – Grupo 2 qualquer piloto
12h00 – 13h00 – Classificação – Transmissão SporTV ao vivo

Domingo, 22 de março
10h30 – Largada da Corrida de Duplas – Transmissão TV Globo ao vivo

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.