Após passar por exames médicos na Inglaterra, o espanhol Fernando Alonso, da McLaren, recebeu a liberação para viajar para a Malásia, onde acontece o segundo Grand Prix da temporada da Fórmula 1. De acordo com “Marca” e “AS”, dois dos principais periódicos esportivos do país, o bicampeão teria passado por exames de memória, em curto e longo prazo, em Cambridge, além de testes de reflexo.

A McLaren ainda não se manifestou. Alonso teve uma concussão após bater nos testes na cidade de Barcelona, no mês passado. Com isso, o veterano acabou ficando fora da primeira etapa, em Melbourne, e precisará passar por testes da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) no circuito de Sepang, na quinta, para saber se poderá correr. Segundo o empresário, os testes são formalidade.

Leia também:  Atleta rondonopolitana é ouro no salto em altura

Sua escuderia não vence um GP desde 2012 e foi mal na Austrália. Button foi apenas o 11º colocado. Alonso defendeu o time em 2007 e, após cinco anos na Ferrari, está de volta. A equipe agora tem motores Honda.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.