Armas e munições apreendidas em fazenda – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

 

A Polícia Militar Ambiental (PMA) realizou diligências em uma fazenda, localizada na região do Pantanal, em Barão de Melgaço, após receber denúncias de crime ambiental. No local foram apreendidos, três armas, munições, dois tratores com esteira e um correntão de aproximadamente 30 metros, entre outros materiais.

Após a denúncia anônima, policiais ambientais de Rondonópolis, deslocaram até a fazenda, onde estava sendo realizado um desmatamento em área proibida. No local, haviam dois tratores de esteira e um correntão que foram apreendidos. A área que estava sendo desmatada foi embargada pela Polícia Ambiental. No Boletim de Ocorrência, não consta o valor da infração.

Em seguida, os policiais foram até a sede da fazenda, onde encontraram o gerente da fazenda, que informou que tinha conhecimento do desmatamento. Ao ser questionado se havia armas de fogo, o funcionário confessou que havia armamento na fazenda. Após realizar a vistoria na sede, foram encontrados um rifle calibre 22, uma espingarda de pressão, 793 munições intactas, calibre 22, 11 munições deflagradas, 242 chumbinhos de pressão e um revólver e 54 munições intactas, ambos calibres 38.

Leia também:  Casal é trancado em banheiro e assaltantes fazem "limpa" em residência
Policiais Ambientais com armas e projetil apreendidos. Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

 

Conforme o BO, apenas as armas e as munições foram encaminhadas a 1ª Delegacia de Polícia. Já o material apreendido no desmatamento, os tratores, o correntão, um tanque de combustível e um motor gerador ficaram na propriedade devido à falta de meios de transporte. O gerente da fazenda foi encaminhado também a 1ªDP, para as devidas providências, já que o dono da propriedade reside em Goiânia (GO).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.