Agentes prisionais do Presídio Central do Estado (PCE) em Cuiabá, compareceram na manhã desta quinta-feira (26), na 1ª Delegacia de Polícia (DP), em Rondonópolis, para registrar um boletim de ocorrência (BO) por extravio de uma arma de alto potencial ofensivo, uma submetralhadora CTT ponto 40.

De acordo com informações dos agentes, eles retornavam para a capital mato-grossense, por volta das 4h de hoje, quando possivelmente a arma, patrimônio do Estado de Mato Grosso, teria caído da viatura no anel viário Conrado Sales, e misturado com a vegetação.

Os agentes ainda informaram que notaram a falta da metralhadora quando chegavam no município de Jaciara e ao retornar encontraram nas imediações do quilômetro 7 do anel viário, apenas o carregador com 28 munições.

Leia também:  Poconé | Suspeito é preso e menores conduzidos durante festa 'regada' a bebida alcoólica

Diante do fato, foi confeccionado o BO para as devidas providências.

Submetralhadora Taurus CT 40A arma

A arma CTT 40, da marca Taurus, tem alto potencial ofensivo, a capacidade do carregador é de 10 ou 30 cartuchos.

De acordo com o catálogo da Taurus, o peso da submetralhadora é de 3,370 quilos sem o carregador. O comprimento da arma é de 651 mm com coronha rebatida.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.