A noite deste sábado (28) foi especial para o handebol brasileiro. Em Foz do Iguaçu, o Brasil venceu a Argentina por 34 a 23, sendo superior durante todo o jogo, e conquistou o título do Pan-Americano de handebol juvenil após uma campanha quase irretocável. Além do título, a armadora Duda, eleita a melhor jogadora do mundo em 2014, recebeu homenagem dos Correios e teve lançado oficialmente um selo com sua imagem em lembrança ao feito conquistado no ano passado, repetindo o que Alexandra Nascimento conseguiu em 2012.

Recuperando-se de uma lesão no joelho esquerdo, Duda comentou a partida entre Brasil e Argentina em transmissão da Confederação Brasileira de Handebol. E viu a seleção abrir 16 a 11 na primeira etapa. Com Gustavo e Acácio inspirados, o time brasileiro controlou a defesa e manteve o placar conquistado no primeiro tempo, ampliando ainda mais na sequência: 34 a 23.

Leia também:  De virada inédita, Cuiabá Arsenal vence Tubarões do Cerrado

Em julho, o Brasil disputa o Mundial júnior em casa, nas cidades de Uberaba e Uberlândia.  A melhor colocação brasileira foi um sexto lugar, no último Mundial. Antes de disputar contra os melhores do mundo, porém, os brasileiros querem comemorar.

– Estou muito contente pelo empenho de todos no campeonato. Estávamos com a derrota para a Argentina no Pan-Americano Juvenil de 2013 entalada na garganta e conseguimos devolver o resultado. Também queria agradecer a todos os meus colegas da Seleção por me ajudarem a ganhar o prêmio de melhor goleiro do torneio. Não trabalho sozinho e só consegui esse troféu porque nossa defesa ajudou bastante – disse o goleiro Rangel Rosa, eleito o melhor do campeonato.

Leia também:  MT | Inscrições para Circuito Estadual de Tênis encerram nesta segunda

Selo circulará por 30 dias

O selo comemorativo com a foto de Duda Amorim irá carimbar todas as cartas pelos próximos 30 dias a partir da Agência dos Correios em Foz do Iguaçu. O valor arrecadado será usado para o acervo do Museu Postal e Telegráfico dos Correios, em Brasília.

– Estou lisonjeada. É emocionante estar em um selo dos Correios. Se não fosse o esporte me proporcionando isso, acho que nunca estaria em um selo. O handebol está vivendo um bom momento, espero que continue assim e os Correios façam mais homenagens por nossas conquistas – disse Duda durante o intervalo do jogo, quando foi aplaudida de pé pelos torcedores paranaenses.

Leia também:  Holloway vence a luta contra José Aldo
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.