Os marchadores do Brasil mais uma vez mostraram que estão em grande fase. Depois de Caio Bonfim levar uma medalha de bronze nos 20km de uma prova na Suíça, Mário José dos Santos e Érica de Sena quebraram recordes no sábado, em uma competição do Circuito Mundial de marcha atlética em Dudince, na Eslováquia. A pernambucana ficou na quarta colocação dos 20km e estabeleceu novo recorde sul-americano. O paulista, por sua vez, foi o nono colocado nos 50km e superou o próprio recorde brasileiro. Com os resultados, os dois voltaram a fazer o índice para o Mundial de Pequim, em agosto.

Érica, que já tinha a melhor marca nacional, completou a prova eslovaca em 1h29min37s, batendo o recorde continental da peruana Kimberley Garcia por sete segundos. A pernambucana ficou bem perto do pódio, atrás apenas da italiana Eleonora Giorgi (1h26min46s), da ucraniana Lyudmila Olyonovska (1h28min18s) e da italiana Antonella Palmisano (1h28min40s).

Leia também:  Jogador revelado pelo REC marca contra o Flamengo

Mário também já era recordista brasileiro e melhorou sua marca na Eslováquia. Ele completou a prova mais longa do atletismo em 3h55min36s, quase de dois minutos mais rápido do que sua antiga marca (3h57min29s). O ouro ficou com o anfitrião Matej Toth (3h34min38s), que foi seguido pelos poloneses Rafal Augustyn (3h34min55s) e Lukasz Nowak (3h44min53s). Outros dois brasileiros também competiram nessa prova em Dudince: Samir César Cabadin foi o 26º colocado (4h50min19s), e Cláudio Richardson não completou o percurso.

Caio Bonfim não bateu recorde na Eslováquia, mas mostrou regularidade, voltando a fazer o índice para o Mundial nos 20km. Ele foi o quarto colocado com a marca de 1h24min44s, atrás do sul-africano Lebogang Shange (1h22min44s), do equatoriano Andres Choco (1h23min20) e do italiano Marco de Luca (1h23min43).

Leia também:  Atleta rondonopolitana é ouro no salto em altura

Além do trio Érica, Mário e Caio, têm índices para o Mundial de Pequim os marchadores Cisiane Dutra Lopes (20km), Moacir Zimmermann (20km), José Alessandro Bagio (20km) e Bruno Marques Fidelis (20km), sendo que o último hoje estaria fora da delegação por haver um limite de três atletas de um mesmo país por prova.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.