O consumidor brasileiro on-line deixou de comprar apenas por impulso e agora observa melhor as condições de uso oferecidas pelos sites de compras coletivas. A avaliação é do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), que divulgou na última semana semana uma pesquisa sobre hábitos de compra pela internet.

Os dados do SPC apontam que nada menos que 47% desses consumidores diminuíram a frequência de consumo pelos sites de compras coletivas. Enquanto isso, 42% deles adquiriram produtos e serviços e 61% fizeram ao menos uma compra a cada seis meses.

Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, essa cautela acontece porque o consumidor brasileiro agora está mais atento às condições de compra. “Isso veio como um boom (crescimento acelerado) e a impressão que dá é que as pessoas foram com muita sede ao pote”. Ela afirma ainda que é necessário que o internauta verifique “com muito cuidado” o contrato de compra e as condições de vendas impostas pelas páginas.

Leia também:  Enem para presos e 2ª aplicação começam hoje

Metodologia

Vale notar que o levantamento foi realizado entre 5 e 8 de janeiro deste ano em todas as capitais do Brasil. A pesquisa foi respondida pela internet por 662 pessoas maiores de idade de ambos os sexos e de todas as classes sociais.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.